Dicas para um chá de bebê econômico

Fazer um chá de bebê econômico é uma tarefa que pode ser planejada sem muito stress, se você tiver foco e a ajuda de algumas pessoas da família, ou amigas bem próximas. Ele deve ser feito antes das 37 semanas, para evitar que o bebê chegue antes da data prevista.

Abaixo separei um cronograma cheio de dicas para você se organizar e começar a planejar o seu.

Lista de convidados

Antes de fazer a lista, você precisará definir se a festa será somente para as mulheres, ou com convidados mistos – com a participação dos homens e também das crianças.

Tendo isso definido, você poderá começar a sua lista sempre focando nos amigos e familiares mais próximos. Até porque neste estágio da gestação, planejar um chá para muitos convidados poderá ser uma tarefa super cansativa.

Como fazer o convite?

Ao contrário do casamento, um chá de bebê é um evento bem informal, por isso você pode fazer o convite impresso (já com a indicação do presente) e distribuir para os convidados, mas nada impede que você  use meios como o  telefone, redes sociais, whatsapp, etc.

O importante é que a informação chegue para o seu convidado e ele não tenha dúvidas quando a data e o horário do chá.

(Veja: Convites gratuitos para o chá de bebê)

Chá de bebê ou chá de fraldas ?

O chá de bebê e o chá de fraldas tem na realidade a mesma dinâmica. A diferença é que os pais podem optar por pequenas utilidades para o bebê ou então fraldas.

Fazer o convite impresso já indicando os presentinhos que cada convidado deverá comprar, é uma forma de organizar o chá de bebê sem precisar fazer lista em lojas, deixando o convidado livre para comprar onde quiser.

A segunda opção é fazer uma lista de presentes em uma loja especializada. Assim os pais tem a vantagem de trocar presentes repetidos, ou trocar tudo que ganharam por algo de maior valor. Ainda assim é importante lembrar que os pais precisam tomar o cuidado de incluir itens acessíveis de valor e fáceis de encontrar em qualquer loja.

Já o chá de fraldas é muito mais fácil de organizar, basta pedir fraldas! rsrsr
Você pode planejar o tamanho das fraldas que os convidados deverão levar de acordo com cada fase do bebê, se preferir assim.

Para fazer seu cálculo, com base na quantidade de convidados que você terá, é só se basear nesta tabela:

  • Até 2 meses de vida: de 8 a 10 fraldas por dia
  • De 3 a 6 meses de vida: de 6 a 8 fraldas por dia
  • De 6 meses a 1 ano: 6 fraldas por dia
  • De 1 a 2 anos: 4 a 6 fraldas por dia

Decoração

Para um chá de bebê econômico e prático, você não precisa decorar todos os cantos do ambiente. Basta concentrar todo seu esforço na mesa de doces e nas mesas dos convidados (se houver). Até porque se você optar por um coquetel por exemplo, a mesa dos convidados é totalmente dispensável. Basta pensar nas cadeiras e em um sistema onde o próprio convidado possa se servir.

Para planejar a decoração você precisa pensar em um tema. Será ursinho? Melancia? Cegonha? Love birds?

Ah Rubia, eu nem quero tema, quero ser prática! Neste caso você precisa só escolher as cores, e focar nelas para tudo que decidir. Procure escolher de duas a três cores para que o efeito seja bem alegre e equilibrado.

Felizmente para fazer uma mesa de doces bem linda, você não precisa gastar muito. Tem um vídeo no Blog do Casamento cheio de dicas para você utilizar o que tem em casa mesmo. Veja: Dicas para decorar uma mesa de doces) 


Suzanne Carey Photography

Comidinhas

Um lanchinho da tarde será sempre muito mais econômico (e prático) que um almoço ou jantar. Por isso optar por canapés, salgadinhos e porções finger foods em um chá de bebê no meio da tarde ou finalzinho do dia é uma boa alternativa para quem não quer gastar muito.

Além disso, seu cardápio também pode ser feito em casa. Com a ajuda da família, você poderá montar uma mesa cheia de bolos e tortas caseiras ou sanduichinhos no melhor estilo “café colonial”. Os convidados sempre são receptivos a um cardápio caseiro feito com muito amor =)

 Tina Shawal  Luminaire Foto

Brincadeiras

Eu particularmente acho que essa história de brincadeiras com a mãe no chá de bebê é passado, além de cansar a gestante.  Se você realmente quiser brincadeiras no seu chá, peça ajuda para suas amigas, ou familiares, para que elas possam montar um cronograma de brincadeiras bem divertido no dia. Além das brincadeiras convencionais, no seu chá de bebê poderá rolar um bingo por exemplo, ou alguma gincana mais envolvente.

Luminaire Foto

Lembrancinhas

É muito gentil por parte dos pais oferecer uma lembrancinha para agradecer a presença e os presentes. Hoje em dia existem muitas opções de lembrancinhas úteis e legais que você pode fazer em casa mesmo.

 

Fonte: http://www.blogdocasamento.com.br

10 dicas para fotografar ensaio gestante

Nada melhor para guardar a lembrança do barrigão da gravidez que o registro de um ensaio gestante!

Se puderem contratar um fotógrafo, contarão com uma boa direção e terão o registro profissional. Mas se não for possível, nosso pitaco é que tirem fotos mesmo assim, com ajuda de algum parente ou amigo, o importante é guardar algumas fotos da mamãe e do papai, com o baby na barriga, não é necessária uma grande produção…

Além de fotografarmos a evolução da gestação em casa, no fim da gravidez fomos clicados pelo fotógrafo Rogerio Amendola e adoramos o resultado!

 Trazemos 10 dicas para organizar seu ensaio gestante, e abaixo dividimos as fotos do nosso ensaio, para inspirar outros casais gestantes.

10 DICAS PARA SEU ENSAIO GESTANTE

1- Tempo de gestação

O ideal é que o ensaio seja feito entre o 7º e o 8º mês de gestação, ou até a 34ª semana. A barriga já está grande e linda, e depois disso a mulher começa a ficar inchada e pode acontecer de não se gostar nas fotos.

* Eu acabei atrasando e fiz passando das 36 semanas. Felizmente não estava inchada. De qualquer forma, concordo que é melhor não esperar tanto, pois se o baby vier prematuro você não terá a chance de fazer as fotos, ou como no meu caso, fiquei exaustaaaa, apesar de ter sido um ensaio relativamente rápido, sem várias trocas de roupas e tal.

2- Incluir o pai

Nem sempre é possível, mas se puder, inclua o papai e faça o ensaio com foco na família e na relação do casal.

Quando planejamos nosso ensaio, pensamos um ensaio conjunto, eu e o Marcos. Por isso trago essa dica já de cara.

3- Local

O ideal é que você escolha um local onde se sinta confortável. As fotos podem ser feitas no estúdio do fotógrafo, caso contratem um, num lugar externo que você adora, como parque ou praia, ou mesmo na sua casa, se é onde se sente mais à vontade. Avalie o que faz mais seu estilo, se prefere que seja mais natural, explorando espaços abertos, se quer um local mais reservado, ou se prefere um ambiente mais íntimo, onde pode aproveitar até o quartinho do bebê como cenário.

Se fizerem em casa, escolham uma parede lisa, sem objetos de fundo que ofusquem a barriga.

Lembramos que não existe luz melhor que a luz natural, então um ensaio externo provavelmente vai conferir maior riqueza às fotos.

4- Horário

Se o ensaio for ao ar livre, fiquem atentos ao horário, as melhores luzes são no comecinho da manhã e no final da tarde.

5- Roupas

A ideia é valorizar o barrigão, então o melhor é usar roupas básicas, com cores neutras. A mamãe pode usar tops para exibir a barriga, e compor com shorts ou calças de gestantes, ou mesmo saia. Também pode usar vestidos de tecidos leves ou vestidos justos que destaquem a barriga. O papai também deve usar roupas neutras, acompanhando a mamãe.

Cuidado na escolha de estampas, o que está na moda hoje pode não estar na moda amanhã e vocês não vão querer se sentir o Augustinho Carrara quando olharam as fotos daqui 10 anos.

6- Objetos do enxoval

Vocês podem usar objetos especiais nas fotos. É muito comum fotos com roupinhas, sapatinhos e brinquedinhos do bebê. Mas não é obrigatório, vocês podem optar por só registrar o casal e a barriga, sem adornos.

7- Poses

Se vocês vão fazer o ensaio com um fotógrafo profissional, ele provavelmente vai orientar vocês em como se posicionarem para as fotos. Caso o fotógrafo seja um amigo ou familiar, pesquiseM algumas fotos na internet para usar como referência de posicionamento ou de direção.

8- Número de cliques

Se forem fazer fotos sem fotógrafo profissional, tirem muitas e muitas fotos, para poderem escolher as melhores. Se tirarem apenas uma em cada pose, correm o risco de perceberem que a foto não ficou boa somente mais tarde, quando olharem em uma tela maior que o visor da câmera.

9- Naturalidade

Poses mais naturais conferem um clima mais descontraído ao ensaio. É bacana o casal demostrar que está se curtindo e curtindo a espera do bebê que está para chegar. Não é preciso fazer caras e bocas, mas é legal olhares e gestos de carinho para com a barriga e o parceiro.

10- Presença de outras pessoas

Muitos familiares querem aparecer nas fotos com o baby na barriga. Dependendo de quem vai tirar as fotos, vocês podem combinar de incluir outros membros da família, especialmente se o casal já tem outros filhos. Também podem tirar fotos com vovô e vovó, tios, até com o bichinho de estimação da família!